TwitterFacebook
Página inicial |
blog PRIME
Prime
A PRIME CLIPPING AGENDA DE SHOWS GALERIA DE FOTOS GALERIA DE VÍDEOS DEIXE SEU RECADO CONTATO

Hoje é dia mundial do Doador de Sangue. Tire suas dúvidas aqui

14/06/2012

Hoje, dia 14 de Junho comemora-se o dia mundial do Doador de Sangue. Você já doou ou pensa em doar? A Prime fez um pequeno passo a passo de como funciona a doação de sangue:

Doar sangue é rápido, não dói e é 100% seguro. Mesmo assim, apenas 1,8% da população brasileira doa sangue. Por que um número tão baixo? Acredita-se que o motivo seja cultural, por conta do Brasil nunca ter passado por grandes tragédias e guerras, fazendo com que o povo não criasse o hábito de doar sangue. Existem ainda muitos mitos e tabus relacionados à doação, que fazem com que a população sinta medo de doar sangue. Segundo a assessoria de imprensa da Fundação Pró-Sangue, as frases abaixo são comumente escutadas, mas NÃO PASSAM DE MITOS E TABUS:

• Quem doa sangue uma vez tem que continuar doando pelo resto da vida.
• A doação "engrossa" o sangue, entupindo as veias.
• A doação faz o sangue "afinar", "virar água", provocando anemia.
• Doar sangue engorda.
• Doar sangue emagrece.
• Doar sangue vicia.
• Mulheres menstruadas não podem doar sangue.
• Os doadores correm risco de contaminação.

Doar sangue é seguro?

SIM. O material utilizado na coleta é descartável, de uso único e não oferece qualquer risco de contaminação. A doação é rápida e a quantidade de sangue coletado é de 450 ml apenas.

Quem pode doar sangue?

Toda pessoa saudável que tenha entre 18 e 65 anos de idade e, no mínimo 50 kg de peso.

Quem NÃO pode doar sangue?

Quem teve gripe ou febre nos últimos dias;
Quem recebeu transfusão de sangue ou hemocomponentes nos últimos 12 meses;
Quem esteve nos últimos 6 meses em região endêmica para a malária ou quem teve malária nos últimos 3 anos;
Quem teve hepatite após os 10 anos de idade ou contato com alguém com hepatite nos últimos 6 meses;
Quem perfurou a orelha, colocou piercing, fez tatuagem ou feriu-se com materiais contaminados com sangue nos últimos 12 meses;
Quem fez cirurgia de grande porte há menos de 6 meses;
Mulheres grávidas ou que estejam amamentando;
Quem tem comportamento de risco em relação à AIDS.

Como é feita a doação de sangue?

Ao chegar no Hemobanco você vai passar pelas seguintes etapas:

Na recepção, vai preencher um cadastro de doador com os seus dados pessoais. Não esqueça: somente podem doar aqueles que apresentarem documento de identidade oficial com foto;

Em seguida serão verificados seu peso, altura, pressão arterial, pulso e será realizado um teste de triagem para anemia;

Na próxima etapa, você será entrevistado por um médico ou enfermeira, que avaliará se você pode ou não doar sangue, visando a sua proteção e a proteção de quem irá receber o seu sangue. Havendo qualquer impedimento, você será dispensado e orientado. Estando tudo bem, você seguirá para a coleta;

Na coleta, em aproximadamente 15 minutos, serão coletados em torno de 450 ml de sangue e mais 3 tubos para exames laboratoriais;

Após a doação, você receberá um lanche para repor o volume doado.

O que acontece com o sangue doado?

A bolsa de sangue será enviada para o setor de fracionamento, onde poderão ser produzidos até 4 hemocomponentes. Com os tubos de amostras coletados, seu sangue será classificado por tipo ABO e fator Rh, e será submetido a exames exigidos por lei, a fim de evitar a transmissão de doenças através do sangue. Os exames realizados são para AIDS, Hepatites B e C, Chagas, Sífilis, HTLV I e II. Também será feita uma pesquisa de hemoglobinas anômalas.

O sangue que apresentar resultados sorológicos negativos será devidamente etiquetado e liberado para distribuição e transfusão. O que apresentar algum problema será descartado e o doador será chamado e receberá as orientações necessárias.Se após doar, você achar que o seu sangue não deve ser usado, por favor chame-nos através do fone 3023-5545 até 24 horas após a doação, e solicite que seu sangue não seja usado (tenha em mãos o seu número de doador para que possamos achar o seu sangue facilmente).

Quem recebe o sangue doado?

Pessoas que precisam repor o sangue perdido em cirurgias, hemorragias ou acidentes. Além dessas, há as que precisam tomar sangue sempre, como é o caso das que sofrem de leucemias, linfomas e anemias graves.

ATENÇÃO:

Não doe em jejum:
O intervalo entre o almoço e a doação de sangue deverá ser de no mínimo 2 horas;
Aos candidatos à doação de sangue que tenham feito refeição rica em substâncias gordurosas, como feijoada, churrasco, etc, este intervalo será de 4 horas, caso contrário o sangue NÃO poderá ser aproveitado;
Durma bem na noite anterior à doação;
Não fume 2 horas antes e depois;
Não faça uso de bebida alcoólica pelo menos 12 horas antes de doar;
Obedeça os intervalos e freqüências para doação:
1) Doadores entre 18 e 60 anos: para homens intervalo de 2 meses, com freqüência máxima de 4 doações anuais; para mulheres intervalo de 3 meses, com freqüência máxima de 3 doações anuais;
2) Doadores entre 60 e 65 anos: intervalo de 6 meses, com freqüência máxima de 2 doações por ano.
Consentimento livre e esclarecido sobre doação de sangue ou componentes. Para ler o conteúdo do Termo de Consentimento, clique aqui para download.

Cuidados a serem tomados após a coleta de sangue:

Tomar bastante líquido;
Não fumar por 1 hora após a doação;
Evitar bebidas alcoólicas no dia da doação;
Evitar esforço físico no dia da doação;
Deixar o Banco de Sangue somente se estiver sentindo-se bem.
Possíveis reações adversas após a doação de sangue (podem ocorrer até 24 horas após a sua doação):

Reação Vaso-Vagal: suor frio, palidez, fraqueza, desmaio.
Conduta: deitar o doador, levantar os pés acima da altura do tronco, verificar se está respirando livremente, pedir para respirar devagar e pausadamente. Costuma melhorar em cerca de 30 a 40 segundos;
Tetania: formigamento da mão e espasmos (tipo "cãimbra").
Conduta: respirar pela boca várias vezes dentro de um saco de papel.
Hipotensão: queda da pressão arterial
Conduta: quase sempre associada a reação vaso-vagal. Ver conduta acima.
Náuseas e vômitos
Conduta: aplicar compressas frias na fronte ("testa") e se necessário tomar medicação.

Se você doar sangue uma vez, não terá necessariamente que fazer novas doações, mas sempre que for possível, doe.

Onde doar?

Geralmente hospitais fazem campanha quando precisam de determinado tipo de sangue, mas você não precisa esperar. Pode encaminhar-se aos bancos de sangue e realizar a doação. Abaixo segue endereço do Hemepar, onde é possível doar sangue o ano inteiro.

Hemepar
Rua Capitão Souza Franco, 290 - Bigorrilho
Fone: (41) 3023-5545 - Fax: (41) 3079-5547
E-mail: hemobanco@hemobanco.com.br

Para mais informações acesse http://www.hemobanco.com.br/frames.htm


http://www.hemobanco.com.br/frames.htm

Voltar

 
hidea.com   e-mail